Gabaritos concursos

fechar

Prefeitura de Guarulhos-SP lança concurso para Inspetor Fiscal de Rendas

O edital do concurso público pretende preencher 50 vagas no cargo de nível superior, com salário de R$ 6.042,67.

Por Giovana Brasil em: 13/02/2019 às 16:55

share
tweets
0 share

Foi divulgado pela Prefeitura de Guarulhos no estado de São Paulo, as normas de realização do novo concurso público que servirá para preencher 50 vagas no cargo de Inspetor Fiscal de Rendas IV. O cargo exige ensino superior em qualquer área de formação e tem salário inicial de R$ 6.042,67, mais adicional de produtividade fiscal, além do auxílio-alimentação de R$ 495,00. O concurso será coordenado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Fundação Vunesp e o edital reserva três vagas para os candidatos portadores de deficiência.

Inscrições

As inscrições poderão ser realizadas das 10 horas do dia 18 de fevereiro até as 23h59min de 25 de março de 2019, exclusivamente pela internet, no site www.vunesp.com.br. Será cobrada taxa de participação no valor de R$ 98,86.

Provas

O concurso terá prova objetiva com 160 questões de conhecimentos gerais (língua portuguesa, raciocínio lógico, informática, direito empresarial, direito penal, direito civil e direito administrativo) e conhecimentos específicos (legislação, auditoria, contabilidade geral, direito tributário e direito constitucional). As provas ocorrerão no dia 05 de maio, em locais e horários divulgados com antecedência mínima de dez dias pela Vunesp.

Atribuições do cargo

Os Inspetores irão realizar levantamentos fiscais e auditorias de ordem contábil, financeira, operacional e patrimonial nas pessoas físicas e jurídicas; informar processos correlatos; estudar, pesquisar e emitir relatórios de fiscalização; planejar, executar ou participar de programas de pesquisa, treinamento ou aperfeiçoamento relativos à tributação; assessorar e dar assistência técnica aos Gabinetes de Chefias de Divisão, das Diretorias dos Departamentos de Receita Mobiliária e Receita Imobiliária e do Secretário da Fazenda; fundamentar no que tange aos tributos mobiliários, processos que versem sobre medidas judiciais em geral; manter, sempre que necessário, intercâmbio com órgãos de qualquer esfera relacionado com a tributação, entre outras atividades.

O prazo de validade do concurso para chamamento dos aprovados será de dois anos, prorrogável ainda por igual período, a juízo da Administração Municipal.

Avalie esta notícia

Nota:

(3.8/5.0)

Gostou das informações do site?
Acompanhe também nas redes sociais:

Não quero participar