Gabaritos concursos

fechar

Resultado Concurso CLDF 2018

O concurso da Câmara legislativa do Distrito Federal tem como objetivo preencher 86 vagas de níveis médio e superior.

Por Giovana Brasil em: 06/11/2018 às 10:02

share
tweets
0 share

Está previsto para ser divulgado nesta terça-feira, 6 de novembro, o edital contendo o resultado final da prova objetiva do concurso da Câmara Legislativa do Distrito Federal, que ocorreu no dia 15 de setembro. Participaram do concurso 99.796 candidatos que disputam 86 vagas em cargos de níveis médio e superior.

Os rendimentos dos cargos serão de R$ 10.650,18 para nível médio e de R$ 15.879,40 para cargos de nível superior, por jornadas de trabalho de 30 horas semanais. Os aprovados e empossados terão ainda auxílio alimentação e auxílio saúde.

Resultado

O resultado final na prova objetiva, para os editais 01, 03 e 05/2018 será publicado no Diário Oficial e divulgado na internet, no endereço eletrônico da Fundação Carlos Chagas.

Próximas etapas

A segunda fase, para ambos os cargos, será a prova discursiva, apenas para os candidatos habilitados na primeira fase. Esta, será aplicada em data, horário e local a serem posteriormente divulgados por meio de edital de convocação específico. A prova discursiva relacionar-se-á ao conteúdo programático e às atribuições do cargo disponível no edital. Demais informações a respeito dessa etapa constarão no edital de convocação específico.

Para os concorrentes ao cargo de Procurador, a fase seguinte será composta por uma prova oral, de caráter eliminatório e classificatório. Esta, será realizada em datas, horários e local que constarão de edital de convocação específico. As provas serão realizadas em sessão pública e registradas em gravação de áudio ou por qualquer outro meio que possibilite a sua posterior reprodução. Na sua avaliação serão considerados o domínio do conhecimento jurídico, o emprego adequado da linguagem, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação e o uso correto do vernáculo.

Os candidatos aos dois cargos, procurador e consultor legislativo, passarão também por uma prova de títulos. Cada título será considerado e avaliado uma única vez, vedada a cumulatividade de pontos referentes à mesma alínea e a atribuição de pontuação aos títulos servirá apenas para efeito de classificação final dos candidatos. A avaliação dos títulos será de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas, obedecendo ao estabelecido no edital e o resultado será divulgado no Diário Oficial do Distrito Federal, no Diário da Câmara Legislativa do Distrito Federal e no site da Fundação Carlos Chagas.

Avalie esta notícia

Nota:

(3.8/5.0)

Gostou das informações do site?
Acompanhe também nas redes sociais:

Não quero participar